ENQUETES

Como você vai gastar seu 13º salário?

PUBLICIDADE

Fogo Amigo
19.06.2017 | 08h04
Tamanho do texto A- A+

Escutas ilegais

Promotor: "Se me gravarem, terão tédio"

DA REDAÇÃO
Roberto Turin - MPE-MT

"Se me grampearam, passaram tédio", brinca Turin

O promotor de Justiça Roberto Turin afirmou não ter preocupação quanto à possibilidade de ter sido um dos "alvos" de um esquema de interceptações telefônicas clandestinas realizado pela Polícia Militar em Mato Grosso.


"O Ministério Público é público. Sempre que você fala ao telefone, se você não está falando nada de ilícito, podem gravar. Já falei que se perderam tempo me gravando, terão um grande tédio grande", brincou ele.


Turin disse que os promotores tem o hábito de evitar falar ao telefone sobre o andamento de possíveis investigações, especialmente aquelas que mereçam sigilo. Mas, segundo ele, eventuais escutas não lhe preocupam, já que os assuntos tratados por ele são lícitos.


"O que é sigilo você trata com mais reserva. A gente tem esse hábito, vamos dizer assim, de preservar as investigações para evitar problemas. Mesmo que você esteja falando de uma investigação – e como ela é tratada pelo Ministério Público sempre – de maneira lícita, o que vão ouvir você falar não é problema ", disse.




Leia mais notícias sobre Fogo Amigo:
Dezembro de 2017
18.12.17 14h24 » Silval & Cia.
18.12.17 11h00 » Passagens
18.12.17 11h00 » Deu no "Estadão"
18.12.17 09h50 » Casa dos Horrores
18.12.17 07h00 » Avenida Parque
17.12.17 17h04 » Abandono
17.12.17 15h20 » Fé S.A.
17.12.17 11h44 » Sem capacidade
17.12.17 08h46 » Saúde de Cuiabá
17.12.17 08h06 » Vídeo ofensivo

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

1999-2017 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados