ENQUETES

Você é a favor ou contra O FIM do estatuto do desarmamento?

PUBLICIDADE

Política / MALAS PRONTAS
12.08.2017 | 08h22
Tamanho do texto A- A+

Descontentes com o PSB, Oscar e Savi devem migrar para o PP

Os dois deputados estaduais aguardam janela partidária, para não perderem o mandato

Alair Ribeiro/MidiaNews

Clique para ampliar

Os deputados Oscar Bezerra e Mauro Savi, que devem ir para o PP

CAMILA RIBEIRO
DA REDAÇÃO

Os deputados estaduais Oscar Bezerra e Mauro Savi, ambos do PSB, já decidiram que irão migrar para o PP, assim que abrir a janela que permite que políticos com mandado possam trocar de sigla sem incorrer em infidelidade partidária.

 

A saída do PSB é consequência das mudanças no comando da sigla em Mato Grosso, promovidas pelo presidente nacional do partido, Carlos Siqueira.

 

As principais lideranças da sigla no Estado ficaram insatisfeitas com o fato de o deputado federal Valtenir Pereira passar a comandar o partido, o que deverá gerar, inclusive, o esvaziamento do PSB.

 

Outros nomes como o do presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho, os deputados Adriano Silva e Max Russi, além do ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes, devem seguir para o DEM.

 

Conforme apurou o MidiaNews, Savi e Oscar optaram pelo PP para evitar uma disputa eleitoral em suas respectivas regiões, já que saíram candidatos è reeleição na próxima eleição.

 

Oscar e o deputado Dilmar Dal Bosco (DEM), por exemplo, são da mesma região, o que poderia dividir votos pelo partido em 2018.

 

Comando

 

O deputado Valtenir Pereira assumiu o comando do PSB em junho. Ele havia deixado a sigla em 2013, após divergências com o então prefeito Mauro Mendes.

 

Carlos Siqueira, que foi responsável pelo convite, afirmou que o deputado retorna ao PSB para garantir “sintonia” entre a executiva estadual e a direção nacional.

 

O convite foi considerado uma resposta ao deputado federal Fábio Garcia, que votou favorável à reforma trabalhista do presidente Michel Temer, mesmo com o diretório tendo deliberado pelo voto contra a proposta.

 

A cúpula do PSB em Mato Grosso, por sua vez, classificou a decisão da direção nacional do partido como “absurdamente incoerente”, já que Valtenir também votou a favor da reforma trabalhista.

 

Leia mais sobre o assunto:

 

DEM convida membros do PSB e oferece presidência em MT

 

“Valtenir não tem moral ou militância para levar o PSB à oposição”

 

PSB de Mato Grosso não aceita Valtenir e já admite acionar Justiça

 

Valtenir admite PSB na oposição a Taques e quer disputar Senado

 

Botelho diz que deputados do PSB não farão oposição a Taques

 

“Sob liderança de Valtenir, o PSB vai para oposição de Taques”

 

Garcia: “Existe uma motivação por trás, que não é ideológica”

 

Prefeita: Valtenir é volta a um "passado que não deixou saudade"

 

Sachetti chama dirigente de “ditador” e cita “safadeza” em convite

 

"Foi uma surpresa; esperávamos que Mauro assumisse o partido"

 

Mendes cita “traição” e diz que Valtenir deixou PSB “arrasado”

 

Valtenir assina filiação e assume presidência do PSB em MT

 

Valtenir pode retornar ao PSB; Mendes e outros podem debandar




Clique aqui e faça seu comentário


0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

1999-2017 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados